Brasil fecha 2017 com maior número de patentes dos últimos 16 anos

O Brasil terminou o ano de 2017 com 6.250 patentes concedidas pelo INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), segundo um levantamento divulgado pela CNI (Confederação Nacional da Indústria).

O resultado registrado no ano passado é o melhor desde o ano 2000, quando o País atendeu a 6.695 pedidos de patentes. Na comparação com o ano de 2016, quando o o volume de patentes aprovadas no Brasil cresceu 30,9%.

De acordo com a CNI, a evolução “reflete melhorias e contratações feitas pelo INPI” ao longo do ano de 2017.

Apesar do recorde, o número de patentes concedidas corresponde a apenas 13,9% de todas as 44.781 decisões tomadas pelo INPI sobre o tema.

De acordo com os dados do instituto ligado ao Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, foram ainda arquivados 34.112 (76,1%) pedidos de patente e outras 4.324 (9,6%) solicitações foram negadas. Houve ainda 95 (0,2%) desistências homologadas ao longo do ano passado.

 

Setores

Entre os setores de atividade, o ramo de desenhos industriais contou com 6.220 aprovações entre os protocolados em 2017. O valor corresponde a 68% entre todos os apresentados.

No ano, também foram concedidas pelo INPI quatro (100%) indicações geográficas e registrados 5.507 (100%) programas de computador e 22 (100%) topografias de circuito integrado.

Evolução do número de patentes concedidas desde 2000

Evolução do número de patentes concedidas desde 2000Divulgação/CNI

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar