em NOTÍCIAS

OKOKOK

LONDRES — Ter de assistir a um show através da tela do telefone de outra pessoa pode em breve se tornar uma coisa do passado. Isso porque a Apple está trabalhando em uma tecnologia que desabilitaria a funcionalidade da câmera de smartphones para fotos e vídeos em eventos.

A empresa recebeu, nesta quarta-feira, uma aprovação do Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos para uma patente que solicitou em 2009, referente às câmeras de seus celulares e a interação dos aparelhos com sinais infravermelhos.

Segundo explicou a “Pitchfork“,  em alguns casos, o aparelho poderia usar os dados de infravermelho para mostrar ao usuário informações relacionadas a um objeto próximo, como uma obra exposta em um museu. Em outros, usaria a tecnologia para desabilitar funções de gravação do aparelho. Em um exemplo, a patente inclui uma ilustração de uma banda tocando no palco enquanto a tela da câmera mostra o texto ‘GRAVAÇÃO DESABILITADA’ (veja abaixo).

celu (1)

Infográfico de como funcionaria a tecnologia – Reprodução/Apple

Enquanto a tecnologia pode ser usada para evitar a violação de direitos autorais, também poderia aparecer como uma vantagem adicional para melhorar a experiência de ir a um show (para aqueles que estão lá só pela música, claro).

É o próximo passo lógico para os editores de música, que, recentemente, conquistaram a possibilidade de escanear automaticamente — e deletar — vídeos do YouTube e do Facebook no combate a crimes contra os direitos autorais.

Vale lembrar que a Apple registra centenas de patentes por ano, e muitas delas sequer são utilizadas na prática. O “Independent” tentou contato com a empresa sobre este caso específico, mas não obteve resposta.

Fonte: http://goo.gl/Oa0aS8

 

 

 

 

 

 

 

 

Postagens Recentes

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar