em NOTÍCIAS

Um relatório elaborado pela Organização das Nações Unidas (ONU), intitulado Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI), destaca que um terço do valor dos produtos industriais vendidos em todo o mundo corresponde ao chamado “capital intangível”. Entre esses itens está o café brasileiro.

O documento destaca o Brasil como produtor que protege a propriedade intelectual para capitalizar ativos intangíveis. O país lidera em termos de patentes para o café, tanto na proteção jurídica de propriedade intelectual quanto nas marcas coletivas. O estudo cita a imagem de marcas, de design e de tecnologia com maior destaque entre as cadeias de valor global.

Em 2014, cerca 5,9 trilhões de dólares foram faturados em capital intangível, que contribui duas vezes mais que edifícios, máquinas e outras formas de capital tangível para o total dos produtos manufaturados. Para a OMPI, isto reforça o “crescente papel da propriedade intelectual, que é frequentemente usada para proteger bens imateriais e a eles relacionados na economia mundial”.

Segundo o relatório, ao melhorar as capacidades de processamento do café, o Brasil concorre com nações mais desenvolvidas, que produzem o café torrado e solúvel. Assim como China e México, o país procura proteger suas patentes para invenções relacionadas ao café.

Fonte: http://www.infomoney.com.br/mercados/agro/noticia/7104463/relatorio-das-nacoes-unidas-destaca-brasil-lidera-patentes-cafe

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar